Escrever Como um Acadêmico – Clareza de Problemas: O texto Claro Antecedente

Um problema muito comum no aluno a escrita é quando o escritor usa palavras como “isso”, “eles”, “ele” e “ela” (pronomes), no lugar dos substantivos (pessoas, lugares ou coisas) que aparecem anteriormente na frase. Isso é tecnicamente referido como um” antecedente pouco claro ” (o substantivo na frase é o antecedente—ou seja, a coisa que vem em primeiro lugar).

substituir substantivos por pronomes é ok para frases curtas. Por exemplo:

o gato (substantivo/antecedente) lambeu sua pata (pronome).

nesta frase, usar o pronome ” it “é ok, porque está claro que” it “se refere a”o gato”. Seria muito estranho dizer “o gato lambeu a pata do gato.”

no entanto, quando as frases ficam mais longas, a substituição de substantivos por pronomes pode causar confusão. Por exemplo:

a mala (substantivo / antecedente) estava no plano (substantivo/antecedente), mas agora (pronome) se foi.

nesta frase, o que ” ele ” se refere—a mala ou o avião? Para maior clareza, o escritor deve substituir o pronome “it” pelo substantivo apropriado. Qualquer um deles pode estar correto:

a mala estava no avião, mas agora a mala se foi.

a mala estava no avião, mas agora o avião se foi.

antecedentes pouco claros são ainda mais problemáticos quando você tem várias frases. Confira este exemplo:

Diego viu o carro de Robert vindo em direção ao cachorro de seu vizinho. Ele correu para a rua Para resgatar o cachorro, e quase o atingiu.

esta frase tem muitos pronomes confusos. A quem pertence o cão—o vizinho de Diego ou o vizinho de Robert? Quem correu para a rua Para resgatar o cachorro—Diego ou seu vizinho? O que quase atingiu o Salvador-o carro de Robert ou o cachorro? Esta frase seria mais clara se redigida da seguinte forma:

Diego viu o carro de Robert vindo em direção ao cachorro do vizinho de Robert. Diego correu para a rua Para resgatar o cachorro, e o carro quase o atingiu.

aqui está outro exemplo de um antecedente pouco claro:

nós nunca vamos ao cinema porque eles cobram muito dinheiro.

a quem “eles” se referem nesta frase? Os donos do Teatro? As empresas de cinema? Você deve sempre tentar ser preciso. Por exemplo:

nunca vamos ao cinema porque os ingressos custam muito.

nunca vamos ao cinema porque os donos do Teatro cobram muito pelos ingressos.

para ter certeza de que suas frases são claras, mantenha seus pronomes e antecedentes juntos para que seu leitor não perca a noção do que seus pronomes se referem. Se você acha que há alguma chance de seu leitor ficar confuso, use o substantivo em vez do pronome!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.